Poster - Escola de Modelos de Regressão

Author
Júlio Brettas
View Count
6845
License
Creative Commons CC BY 4.0
Abstract

Em um estudo conduzido por pesquisadores da Fundação Pró-Sangue, em São Paulo, tem-se interesse em avaliar o tempo até a ocorrência de anemia em doadores de repetição. No entanto, profissionais da área médica reconhecem a existência de um grupo de doadores não suscetíveis à anemia por doações, os superdoadores. A ocorrência da anemia é definida com base em avaliações periódicas do hematócrito anterior às doações, caracterizando assim a censura intervalar do evento de interesse. São considerados para análise dois modelos semiparamétricos que contemplam tal estrutura de censura e a existência de uma proporção de indivíduos não suscetíveis. O primeiro modelo, proposto por \citeasnoun{Shen}, trata-se de um modelo de tempo de promoção com estimação baseada em uma variação do algoritmo EM para dados com censura intervalar.\citeasnoun{Lam} consideram um modelo de fragilidade com distribuição contínua positiva e massa no ponto zero para contemplar indivíduos não suscetíveis, caracterizando também a heterogeneidade das condições de saúde dos pacientes suscetíveis. Os modelos foram aplicados em dados que abrangem doações realizadas entre janeiro de 2003 e dezembro de 2006.

Poster - Escola de Modelos de Regressão